Pesquisar este blog

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Sem qualquer tipo de demagogia barata: derrotados mas orgulhosos. Valeu demais Hawks!!

Uma série histórica.

Muitos dizem que o ápice de adrenalina e emoção de uma competição esportiva, é um Overtime de um jogo 7 de uma série de playoffs de uma Stanley Cup. Sinceramente de todos os anos que acompanho hockey e torço para os Blackhawks, eu ainda não havia tido a chance de comprovar isso na pele de maneira tão real.

Os Blackhawks já protagonizaram jogos emocionantes demais e não precisamos ir muito longe para lembrar. Ano passado o sensacional jogo 5 contra o Nashville, quando matamos um PP de 5 minutos (com um gol SH inclusive a 13 segundos do fim com Kane), para logo em seguida fazermos na prorrogação o gol da vitoria com Hossa. Obviamente não há como esquecer o gol do titulo no OT tambem de Kane no jogo 6 contra os Flyers.

Mas não sei explicar por quê. Ontem havia algo diferente no ar. Como oitavo lugar, enfrentavamos o primeiro, que por sua vez havia feito a melhor campanha da regular season entre todos os 30 times da Liga. Este time por sua vez se chama Vancouver Canucks, os odiaveis Canucks, que por sua vez foram eliminados nos ultimos 2 anos por nós em playoffs. E que por sua vez abriram 3 x 0 na série que todos (inclusive eu) deram como liquidada ha pouco mais de uma semana atrás.

Após 3 vitorias espetaculares, igualamos à série. Sendo que o jogo 6 tambem ja haviamos vencido no Overtime.

O pico de adrenalina e emoção ainda estava por vir. Vancouver e provavelmente quase todos os amantes de hockey pelo mundo a fora pararam para ver esse jogo que tinha todos os ingredientes possiveis e imaginarios de que iria dar no que deu: TENSÃO TOTAL.

Eles saíram na frente, fazendo 1 x 0 no inicio do jogo e assim ficou ate o terceiro periodo, onde logo no inicio Burrows (que havia feito o gol) teve um Penalty Shot a seu favor, parado pelo surpreendente e espetacular Corey Crawford (que temporada desse rookie). Mas a 3 minutos do fim, para parar um contra-ataque, Keith aplicou um hooking e Vancouver iniciaria ali um power play que falatamente aniquilaria qualquer chance dos hawks continuarem sonhando com o bi campeonato. Mas os Hawks não se entregam, Johnathan Toews não se entrega. O jovem capitão não tem o perfil de se dar por vencido até que a guerra termine.

Ontem foi meu aniversário. Como presente de aniversário, de brincadeira pedi a minha esposa que ela torcesse para os Hawks junto comigo e ela levou a brincadeira a sério. Após jantarmos em casa mesmo, o jogo começou e ela caiu no sono no sofa da sala onde eu assistia a tudo. No inicio do terceiro periodo eu a acordei pra irmos pra cama e eu assistir o ultimo periodo ja deitado no notebook. Ela decidiu então que dali em diante torceria junto comigo e vestiu uma camisa do Vasco (ela é Botafogo), pois não achou no armario sua camisa dos Hawks. Segundo ela, pra ela Hawks e Vasco são a mesma coisa. Faz sentido.

Pois bem, voltando a Johnathan Toews. Quando a 3 minutos do fim Keith foi para o penalty box, virei para minha esposa e disse: "acabou, perdemos". Ela sem entender muito bem as regras do jogo e sem conseguir enxergar o puck (mas não por isso deixando de torcer loucamente), virou-se e disse: "pq pessimismo porra?? vamos empatar com um a menos!". Naquela altura do campeonato, achei o maximo ela dar essa força, mas sinceramente já estava conformado. Mas Toews não se conforma e nunca deixa de aplicar um esforço sobrehumano pra conseguir as vitorias. Com um a menos, a 1:40 do fim, o capitão fez uma jogada passando no meio de dois marcadores e passou pra Hossa que chutou. No rebote, deitado no chão, Toews empurrou pro gol, pra desespero absoluto da Rogers Arena. Tenho certeza que Chicago inteira não gritou mais alto do que eu e Lidia. Inacreditavel esse gol....veio o filme do jogo do Nashville ano passado na cabeça. era perfeito demais acontecer tudo novamente, dentro de Vancouver, num jogo 7, contra os Canucks. Seria demais, mas não foi.


Já na prorrogação, tivemos um PP a favor logo no inicio. Sharp, após assistencia de Toews teve a maior chance de todas mas o puck parou em Luongo. Na sequência Campoli e Burrows fizeram o que todo mundo já sabe.

Depois de uma temporada de altos e baixos, de sequencias de derrotas , de uma sequencia espetacular de 8 vitorias, se contusões, de recuperações, de um goleiro rookie virar estrela, de uma temporada pseudo acabar contra os Wings, de uma tempoarada ressuscitar através dos Wilds, de eu estar no vestiario do UC, de ver um panlty shot de stalberg bater em 3 traves e não entrar, de ver Turco apostar 5 dolares com um fã, de ver Coach Q quase empacotar, de ver os Hawks serem recebidos por Obama na Casa Branca, de ver Kane lançar novamente seu mullet bizarro, de ver Bolland mostrar o jogadoraço que é, de ver Sharp ser MVP no ASG e bater seu recorde de gols em uma temporada, deu ser chamado de sick por Dunca Keith por sair do Brasil e ir ver um jogo dos Hawks (rsrsrs), de ver Luongo ser sacado em dois jogos seguidos e ser barrado no jogo subsequente de um playoff, de empatarmos uma série após estarmos perdendo de 3 x 0 ganhando o jogo 6 no OT, de num jogo 7 ver o que vimos....a temporada chega ao fim.

Que ano louco e intenso. Uma temporada pra provar mais uma que torcer pros Blackhawks é muito bom. Adrenalina e superação pra esse time não falta. Saímos de férias de cabeça muito erguida, sem qualquer tipo de demagogia. O time foi um exemplo de que no esporte (e pq não na vida) deve-se lutar até o fim, mesmo quando tudo e todos acham que não dá mais. Na vida é preciso reconhecer os que muitas vezes alguns dão seu máximo, se esforçam no limite mas acabam não vencendo. Uma coisa é ser conformista, outra coisa é ser digno de dar o mérito pra quem lutou de forma sobrehumana mas não venceu. A vida é assim. O esporte mais ainda! Até temporada que vem! Valeu a todos que trocam sempre idéias por aqui!!

"Sem saber que era impossível, ele foi lá e fez" (autor desconhecido)

Finalizo com o post de Pierre LeBrun da ESPN

The Hawks have nothing to apologize for. They can head into the offseason with their heads held high. They gave the best team in the NHL absolutely everything they could handle and went out like a true champion.

"We were up 3-0 against an eighth-seeded team, but that wasn't an eighth-seeded team we were playing," said Kesler. "They were injured for most of the year. They were the Stanley Cup champions. It took a lot for us to defeat them. They have a lot of character on that team."

With his pads still on for a good half hour after Burrows scored, Crawford sat slumped in his stall, wondering "what if." Hey kid, don't beat yourself up; you're the reason the Hawks even had a chance in Game 7 thanks to your 36 saves.


domingo, 24 de abril de 2011

Here come the Hawks...

Que jogo...
Algo me dizia que tudo que aquilo que toda a imprensa falou nos ultimos dois dias de nada ia valer. Todos diziam que a atmosfera era toda do Chicago, que os Canucks estavam "in trouble" e que tudo dizia que os Hawks iriam atropelar novamente. Um massacre realmente não aconteceu....mas mais um capítulo de uma história espetacular escrita pelos indios de Chicago tomou forma há pouco no United Center.

O primeiro ingrediente da noite foi o fato de Luongo ter sido barrado, dando lugar ao reserva Schneider, que apesar de ter jogado bem quando escalado durante a regular season, iniciava pela primeira vez em um jogo de playoffs.

Após sairmos perdendo, empatamos ainda no primeiro período com Bickell após um hit cavalesco do mosntro e dono da série até agora Dave Bolland.

Eles fizeram 2 x 1 após uma falha de Campoli mas empatamos mais uma vez com Bolland, após assistencia de Kane, que roubou o puck atrás do gol.

Eles mais uma vez pularam na frente com o odiável Bieksa. Mas num Penalty Shot, Frolik (que por sinal esta jogando um absurdo nesta série) empatou em 3 x 3. Sua gingada na frente do goleiro na hora do gol, fez com que o mesmo se lesionasse. Foi quando por ironia do destino, Luongo entrou. Não tinha jeito, era ele que precisava tomar um gol no OT, para que levassemos a série para o jogo 7.

O jogo tomou contornos dramáticos quando no overtime os dois times perderam varias chances num inicio eletrizante da prorrogação. Quando tudo parecia caminhar para o segundo OT (não deixando de comentar o hit humilhante de Bickell em Bieksa, onde esse ficou literalmente ajeitando o queixo após se levantar), Hossa fez uma jogada sensacional na ponta esquerda, que resultou num chute de Hjalmarsson e gol da vitória do rookie Ben Smith no rebote. Histórico, épico, emocionante. Tudo isso resume o que os Hawks estão fazendo nessa série contra o grande rival Vancouver. Todos nos deram como mortos e acabados. Mas não estavamos e agora vamos pra cima deles buscar algo que ja tinham nos roubado: a chance e a confiança de que podemos ir adiante com o sonho do bicampeonato.


Terça-feira, as 22:00 do Brasil, teremos a chance de fazer o que apenas 3 times fizeram na história da NHL: vencer uma série de playoffs após estar perdendo de 3 x 0. No nosso caso, pra ficar mais pesado tem o fato deles terem sido o melhor time da temporada (com a defesa menos vazada inclusive). Na amizade...se fizermos isso, eu temo pela sanidade mental dos torcedores e jogadores de Vancouver, acho que dessa vez eles pancam de vez.

PS1: Viva Dave Bolland, até agora reinando como checker da 1ª linha dos Canucks (H.Sedin-Burrows-D.Sedin).

PS2: o vencedor do jogo 7 pegará o Nashville, que vencemos ano passado na primeira fase dos offs ano passado. Outro dejavour?

PS3: Tenho que ser honesto, na manhã seguinte após o terceiro jogo, mandei um SMS para meu irmão (torcedor dos Wings) dizendo: "Vamos ganhar a proxima pra pelo menos sair com dignidade, com o Luongo desse jeito, os Canucks não perdem de ninguém". O mundo dá voltas...o golaço de Bryan Bickell a 1 minuto de jogo do jogo 4 deu início a algo que duvido que mais de meia pessoa acreditaria ser possível acontecer. Até Luongo já foi barrado nesse meio tempo. Bolland voltou. Seabrook foi e voltou. Keith voltou a jogar como melhor defensor da Liga. Hossa deu as caras. Agora já era, já está acontecendo, não tem volta!! Só falta 1!!

PS4: Transcrição de meu post há exatos 7 dias, após o terceiro jogo: "Tá foda...mais uma vez o Luongo agarrou demais e fez defesas impossiveis. Ele esta fazendo a diferença definitivamente. Nos 3 jogos até agora jogamos bem e pressionamos demais, mas as luvas do goleiro canadense parecem estar com super bonder". No esporte tudo é possivel!

Go Hawks!!!!!!!!!!!
abs e boa semana

quinta-feira, 21 de abril de 2011

2º milagre tem dois nomes: Duncan Keith e Marian Hossa...que vareio!!

É senhores...
Os Hawks decidiram de vez jogar hockey adultamente. Demos uma senhora surra nos Canucks em pleno Vancouver e acho que eles sentiram o golpe. Ainda no segundo periodo muitas cadeiras do ginásio já estavam vazias e quem ficou até o fim saiu rouco de tanto vaiar.

No ultimo post, após o jogo 4 eu havia dito que uma vitoria por 7 x 2 num playoff muda muita coisa, e de fato mudou. Com uma rivalidade tão grande entre os dois times, me parece que o vareio de 7 no ultimo jogo não só abalou os canucks como também devolveram toda confiança que os atuais campeões da SC precisavam pra iniciar uma virada que tem tudo para ser histórica caso se concretize.

Entramos no gelo hoje decididos a vencer convincentemente, o que de fato aconteceu. Os irmãos baitolas Sedin e seus amiguinhos frutinhas não viram a cor do puck e tiveram que se contentar em ver Luongo ser sacado pelo segundo jogo seguido após ser fuzilado com pucks embaixo de suas balizas.


Agora voltamos ao UC cheios de moral e teremos que fazer valer a força de nossa torcida pra continuar uma escalada que parecia impossível...pra depois sim, jogar o jogo 7 em vancouver com toda a pressão psicológica em cima deles. Mas, calma. O proximo jogo será perigoso demais!! mas que temos o momento todo a nosso favor, não há ser humano na Terra que não reconheça isso. Nossos gols foram marcados por Duncan Keith (2 vezes), Hossa (tambem 2 vezes) e Kane.

Duncan Keith chegou a 4 gols na série e anotou tambem duas assistências no jogo, sendo eleito o melhor do jogo. Hossa além de seus dois gols, anotou tambem uma assistência...que partida fez Hossa. A terceira estrela do jogo obviamente foi Crawford, que não foi vazado e fez várias defesas fantásticas.

A bem da verdade o jogo foi um massacre se lembrarmos que ainda perdemos dois breakaways com Sharp. Campbell jogou muito e deu um hit humilhante em Daniel Sedin que caiu de peito no chão. Brouwer em um fighting provou mais uma vez que tem a mão pesada e acertou uma bela direita no meio da fuça de Bieksa, toma otario!!


Agora é hora de controlar a energia e empolgação, e usá-la a nosso favor. Marcar 12 gols em dois jogos seguidos de playoffs, após estar perdendo a série por 3 x 0, contra o time de melhor campanha, saindo de um 5 x 0 na casa adversária e tendo pela frente um jogo 6 em casa....belo cardápio.

obs: duvido que eles já não estejam se perguntando: "será que acontecerá de novo?"

obs2: Seabrook não jogou novamente, sendo substituido por Scott que fez um bom jogo. Acho ate se Seabrook voltar, Scott deve permanecer. Seu tamanho e psicopatia intimidaram os canucks nas ultimas duas partidas.

obs3: 3 gols saíaram de jogadas em que tinhamos um jogador atrapalhando a visao do goleiro deles. A tatiuca que deu tanto certo ano passado contra eles, finalmente esta sendo explorada pelos Hawks.

obs4: Linhas de hoje:
kane-Toews-Stalberg
Hossa-Smith-Sharp
Frolik-Bolland-Bickell
Brouwer-Johnson-Kruger

obs5: mais uma vez após o jogo, nosso capitão #19 declarou que a não suspensão de Torres após o jogo 3 mexeu demais com os brios do time que não vão abrir mão dessa virada de jeito nenhum. Animadora essa postura.

Domingo 19:30 (Brasilia)....lugar de trocedor dos Hawks é no UC! Quem me dera rsrsr

Abraços, a maré virou!!!

terça-feira, 19 de abril de 2011

1ª parte do milagre tem nome: Dave Bolland

Se tinhamos que botar fogo na série, mexer com os brios da torcida e jogadores, isso aconteceu: placar de 7 x 2, com a pancadaria rolando solta, penalties de tudo quanto é jeito pra todo lado e uma noite perfeita de Dave Bolland (1G, 3A) que voltou ao time após mais de um mês fora com uma concussão. Agora está 3 x 1 pra eles.

Os gols foram marcados por Bickell, Campbell, Keith, Bolland, Frolik (que tambem deu duas assistências) e dois de Sharp (ambos em PP´s). A terceira linha foi perfeita, com os 3 jogadores marcando gols e anotando trocentos pontos (Frolik-Bolland-Bickell).

Que partida fez Bolland. Jogou muito e mostrou a falta que fez...de quebra sua volta ainda permitiu que Frolik voltasse a ser ala, o que fez este tambem subir muito de produção. Enfim, cenário novo e energia renovada. Detalhe tambem para o golaço de Bryan Bickell.

John Scott, como eu havia previsto, entrou no gelo pra distribuir bordoadas, mas não conseguiu encontrar ninguem que tivesse a coragem de lançar um Fighting Major com ele. Na grande browl que rolou logo após o sexto gol dos Hawks, no inicio do terceiro periodo, Scott tirou as luvas e o capacete e ficou chamando quem quisesse vir, mas ninguem veio, cena surrealmente engraçada!!!! Nem o malandrão Bieksa veio....nao boa, estava na cara que o Scott ia entrar com esse intuito no jogo de hoje. Depois de tomar uma penalidade de 10 minutos, Scott voltou ao gelo e em um faceoff, quando estava prestes a começar uma briga com o Torres (ahhhhh como eu queria ver essa briga, pois foi esse Torres que deu o hit sujo no Seabrook que o tirou desse jogo inclusive), os juizes por precaução ejetaram os dois.

A chapa vai esquentar no quinto jogo, que rolará quinta-feira em Vancouver. A série agora virou coisa de gente grande e a rivalidade que parecia estar morna agora reacendeu de vez. Duncan Keith após fazer seu gol ainda sacaneou algum baitola do time deles, isso é playoff porra!!!

Vamo pra cima desses fdp´s. Eles são favoritos por jogarem em casa, mas se ganharmos o proximo jogo, o sexto jogo é no UC e aí eu acho que pode complicar seriamente pra eles. Eu acho que ganhar hoje era importante...mas meter um 7 x 2 foi algo que deu uma outra cara à série. Foi desmoralizante ver Luongo ser sacado após tomar 6 no balaio. A foto abaixo do hawk-maníaco Vince Vaughn axincalhando o sosia do Valdivia é espetacular, justamente no momento que ele está sendo trocado.


Foi um massacre. O proximo jogo é chave, se perdermos, saimos de férias. Se ganharmos, a gordinha da foto do post de ontem já perde uns 15 quilos a menos e já começa a ficar um filezinho rsrs.

ps: se lembrarmos tudo que Bolland fez na série do ano passado contra os Canucks, é animador pensar que o teremos daqui pra frente. Veremos!

Bora Hawks, porra!

abs

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Jogo 4: barril de pólvora à vista

Não está mole não meus amigos. Os Hawks vêm jogando bem, sendo muito competitivos mas está dificil vencer os Canucks na fase que Luongo anda. O cidadão está pegando até pensamento e por causa dele, vamos perdendo por 3 x 0 a série.

Após perdermos as duas na casa do adversário, jogamos ontem a noite a primeira em Chicago. Começamos o jogo de forma avassaladora, fazendo 1 x 0 no placar (Keith) e dando 16 shots apenas no primeiro periodo. Mas no segundo periodo, tomamos 2 gols em 54 segundos e cedemos o placar. Ainda nesse periodo empatamos o jogo em nosso segundo gol em power play com Sharp. Mas no ultimo periodo tomamos um gol de contra ataque e não conseguimos mais igualar o marcador.

Tá foda...mais uma vez o Luongo agarrou demais e fez defesas impossiveis. Ele esta fazendo a diferença definitivamente. Nos 3 jogos até agora jogamos bem e pressionamos demais, mas as luvas do goleiro canadense parecem estar com super bonder.

Enfim, pra continuarmos na briga pelo bicampeonato, teremos que vencer amanhã no UC a qualquer custo e partir pra Vancouver novamente e fazer o improvável, assim como os Flyers fizeram ano passado antes de nos enfrentar na grande final da Stanley Cup, após estarem perdendo de 3 x 0 dos Bruins. Sendo que no nosso caso, é mais complicado, pois ainda estamos na primeira fase dos playoffs, ou seja, ainda há um caminho longo até a SC. Mas o lance é passo a passo, vencendo amanhã, de certa forma o Vancouver jogará com uma pressãozinha nos ombros em Vancouver pra fechar a série, vamos ver.

E pra finalizar uma coisa é clara: após o sujo hit de Torres em Seabrook no segundo período no jogo de ontem, o time de Chicago ficou revoltado primeiro porque o jogador dos Canucks não foi ejetado após a jogada (se lembram do hit de Bertuzzi em Johnson ha duas semanas? foi identico! no caso, o jogador dos Wings foi ejetado e ainda foi ao vestiário dos Hawks apos o jogo pedir perdão). Hoje a direção da Liga teve a chance de se redimir e suspender o jogador (que tinha ontem o seu primeiro jogo após 4 partidas suspensos), mas não o fez. Ou seja, amanhã eu tenho absolutamente toda a certeza do mundo que John Scott fará o trabalho sujo e não dou 5 minutos de jogo pro numero 32 dos Hawks descer a porrada no imbecil do Torres, podem me cobrar. O detalhe é que Scott após vários jogos em healthy scratch, ontem foi escalado justamente pq nos dois primeiros jogos, Coach Q entendeu que não jogamos fisicamente como deveríamos.

A verdade é que não temos absolutamente nada a reclamar do time em termos tecnicos e de vontade, estamos jogando muito bem e perdendo por detalhes. Ainda dá, eu acredito. Mas sem loucuras...simplesmente à espera de um milagre.


aquele abraço!

Ps: vamos Vascão, que venha o Olaria.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Vancouver faz 1 x 0 na série

Vou aproveitar a saída pro almoço aki no trampo pq hoje ta f... !!
Num jogo extremamente físico (hits a todo tempo e jogadores se estranhando o tempo todo) os Canucks levaram a primeira partida da série por 2 x 0 e agora vamos trabalhar forte pra tentar vencer a segunda na casa deles pra jogar a pressão pro lado de lá.

Só vi o segundo período do jogo pois estava mega vidrado no jogo do vascão pela Copa do Brasil (bela vitória). No terceiro periodo eu deitei com o note pra ver o jogo e a ultima cena que me lembro tinham mais ou menos 5min jogados. Pelo visto nao perdi mta coisa depois de ter apagado, pois ja estava 2 x 0.

Pelos lances que vi , o vancouver começou atropelando e dando o maior sufoco mas a partir do segundo periodo (tres pucks na trave) só deu Hawks e demos uma verdadeira blitz. Pelo que vi ainda ha pouco, o jogo acabou com 33 shots pra eles e 32 pra nós, o que mostra o equilibrio entre os dois adversários e passa a sensação mais do que nunca de que tudo pode acontecer.

Vamos pra cima deles que ainda falta muita coisa.

abs

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Aquecendo os tamborins...

Só pra começar a apimentar o confronto. Bicho, é espetacular pegar o Vancouver de cara nos offs, melhor impossivel!!


Abaixo seguem algunas videos pra começarmos a ter o gostinho dessa batalha que temos pela frente:

1) Ja postei aki no blog uma vez e que se faz necessário nesse momento de novo...algo sobre a chelsea dagger. É a reação dos jogadores boiolas dos canucks ao ouvirem em um ipod essa musica (que toca no UC nos gols dos Hawks). Antes dele, coloco um video que mostra a comemoração de um gol no com ela.

Palavras de:
- Shane O´Brien: "nightmare...turn it off...next song please"
- Kevin Bieksa: "i dont wanna listen it any more...we know all about this song and we hate it"
- Ryan Kesler (que teve seu nariz quebrado por Andrew Ladd nos playoffs da temporada retrasada): "goal socre by numer 88 Patrick Kane"
- Steve Bernier: "i hate that song"
- Henrik Sedin: 'bad memories..."





2) History will be made - Big Buff comemorando na cara da ttorcida em Vancouver...tem que ter peito! Notem uma toalha voando atirada pela torcida no gelo rsrsr



3) Gol antologico short-handed de Bolland no playoff passado



4) Porradaria em 2009 após cotovelada de Buff em Luongo (Eager psicopata x Bieksa, Keith x Burrows puxador de cabelo bichinha, Seabrook x alguem, Burish x alguem)



Ate quarta (dia da primeira batalha em Vancouver) postarei mais videos, pra aquecermos os tamborins!! No fundo eles nos respeitam, além de termos vencido os ultimos dois conforntos em playoffs, Johnathan Toews, Duncan Keith, Patrick Sharp e Brent Soabrook nasceram no país deles. Eles sabem com quem estão mexendo...

PS: Frase do Coach Q hoje sobre o jogo dos Stars ontem: "I've never been more excited after a hockey game in my life, that I didn't participate in. I was acting like a 2-year-old or maybe a 3- or 4- or 5-year-old celebrating his birthday. It was unbelievable."

abs, faca no dente!!

domingo, 10 de abril de 2011

Yes, we can !!!

Sentimentos distintos em dois salões de embarque diferentes.

Com a fila pra adentrar o avião em NY já quase no final, pelo site da NBC no computador assisti o fim do jogo contra os Wings. Com a derrota por 4 x 3 (gols de Frolik, Seabrook e Keith), estávamos virtualmente eliminados.

Confesso que entrei no avião devidamente conformado. A temporada tinha chegado ao fim e não teríamos a chance de lutar pelo bicampeonato.

Mas o esporte reserva muitas surpresas, os Rangers que o digam rsrsrs.

Já no aeroporto de Atlanta (onde estou ainda quase embarcando), na praça de alimentação, acompanhei o scoreboard do primeiro período do jogo do Minestota contra os Stars, que por sua vez só dependiam deles mesmos. Com o jogo em 2 x 1 pro Dallas eu desisti e desliguei o computador, não era possivel que o Dallas ia dar esse mole de deixar o adversário virar. Dali eu seguia conformado, até pq não tinha mais o que fazer.

Chegamos na sala de embarque e o vôo ainda faltava 1 hora pra sair. Por desencargo de consciência, liguei o computador. E no placar estava 4 x 3 pros Wilds! Como no site da NHL não estava passando o jogo em video (não sei pq), ouvi o fim do jogo no rádio e confesso que paguei mico no gol empty net que definiu o placar em 5 x 3. Minha mulher não achou muita graça não, mas o pulo do sofá foi espontâneo, fazer o que??

Estamos dentro!!! E pegaremos o Vancouver mais uma vez. Os caras virão babando depois de serem eliminados dois anos seguidos por nós. Mas nós também iremos babando, pois todas as duvidas acabaram e a unica certeza que temos de momento é que agora são 16 times brigando de igual pra igual, com a gente entre eles. Resumindo, o bi agora é mais possivel que nunca. Que venham os baitolas Sedin.

Thank you so much Minestoa. Vamo com tudo Hawks, tamo dentro porra!

ps: o jogo de hoje dos Hawks foi o 143 jogo seguido de sold out no UC. A torcida merece o sentimento de alívio, vamo pra cima!

abs e boa semana!

sábado, 9 de abril de 2011

Visita não prevista ao MSG pra assistir a classificação dos Rangers

Essa não estava prevista. Eu e minha dignissima deixamos pro ultimo dia da viagem a NY passarmos em frente ao Madison Square Garden e ao Empire state. Tomamos nosso café da manhã tradicional em uma delicatessen (padaria de boiola rsrsr) qualquer e partimos em direção ao ginásio.

Quanto mais íamos nos aproximando, mais gente ia aparecendo de camisa dos Rangers e dos Devils. Pra mim começou a fazer sentido o que poderia estar acontecendo, mas eram apenas 11 da manhã, não era possivel que teria um jogo de hockey naquela hora. Mas tinha...quando chegamos em frente ao ginásio, nos deparamos com uma galera absurda e no telão externo escrito enormemente: "Rangers x Devils - 12:30". Não precisei falar nada, a Lidia entendeu meu olhar rsrsrs.

Como ela estava louca pra fazer (mais) compras e eu tenho fobia de ficar entrando e saindo de loja, juntamos a fome com a vontade de comer. Arrumei rapidamente um cambista e parti rumo a um jogo que tinha tudo pra não valer nada, mas que se tornou histórico pois mais tarde o Carolina veio a perder do Tampa por 6 x 2. Ou seja, os Rangers venceram por 5 x 2 os Devils e garantiram sua vaga nos playoffs em oitavo lugar da Leste. Importante lembrar que ano passado os Rangers perderam sua vaga nos playoffs também no jogo 82 contra os Flyers, que venceram no SO e entraram em oitavo lugar na Leste, pra depois virem a fazer a final contra os Hawks.

O jogo foi bastante movimentado e os Rangers após estarem perdendo por 2 x 1, fizeram 4 seguidos e levaram o MSG a loucura.

A galera que estava perto de mim na arquiba dizia o tempo todo que já estavam conformados e que aquela vitória de nada valeria pois na cabeça deles, os Hurricanes jamais perderiam do Tampa. Estavam enganados e agora vão brigar pelo titulo também. Abaixo seguem algumas fotos e um video após o quinto gol do NY.







Video: comemoração do quinto gol dos Rangers

Obs: amanha é o dia da verdade pra gente. O jogo começa as 12:30 (horario dos EUA) e meu voo é 14:50, ou seja, só saberei o placar final do jogo na conexão em Atlanta. Pelo menos os dois primeiros periodos vai dar pra ver no aeroporto pois já vi que vai passar em TV aberta na NBC. Tensssssso. Enfim, amanhã é o dia! Dedos cruzados....

abs

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Vitória fantástica em Detroit nos deixa a um ponto da vaga

Chegou o momento da grande decisão. Depois de uma temporada inteira de tantas incertezas, inconstâncias, dúvidas e mais dúvidas sobre como seria o fim de nossa temporada (se depois de 82 jogos ou mais que isso), chegou o momento da grande verdade. E tudo se definirá no melhor palco possível: United Center.

Hoje conseguimos uma vitória de gente grande: 4 x 2 contra os Wings em Detroit. Não assisti o jogo mas assim que tive oportunidade corri pro computador pra ver o resultado com um frio na barriga, confesso. Alívio total quando no scoreboard vi escrito Blackhawks em azulzinho, sinal de vitória. Nossos gols foram marcados por Seabrook, Smith (primeiro da carreira do rookie), Campbell (golaço) e Hossa num breakaway com um homem de vantagem (com direito a comemoração lango-lango). Com 4 x 0 de vantagem, o time tratou de administrar o placar e levar a decisão pra domingo contra os mesmos Wings no UC...jogo perigosíssimo. Detroit não medirá esforços pra tentar atrapalhar nossa vida.

Duas notícias boas nos animam: uma é que o sétimo e sexto lugares (Ducks - 97pts que nós tb temos e Kings - 98 pts) se enfrentam. A oura boa noticia é que hoje pela primeira vez desde a concussão, Dave Bolland patinou. Caso passemos pros playoffs, Bollad será um baita reforço...mto dificil esquecer o que ele fez ano passado, estraçalhando como center da segunda e terceira linhas, e fazendo 3 gols shorthaneded na campanha decisiva.

Domingo é faca no dente! Vamo com tudo. A pressão está fazendo bem ao time...imagina só pegar os Canucks de cara no mata-mata. Não quero mais nada nessa vida.

abs

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Blackhawks TV rules! Com direito a palhinha do hino nacional brasileiro no fundo !!

E não é que foi pro ar, a entrevista no NHL.com?!?!

Entrevista Rafael Luiz para a Blackhawks TV

E pra completar, Johny Toews ainda emplacou um OT goal ontem contra os Blues no UC!! Com a nossa vitória, os Flames saíram da briga e agora colocamos toda pressão em cima dos Stars que precisam vencer seus jogos a todo custo. Nós vamos a Detroit enfrentar os Wings na sexta e os mesmos irão até o UC pro ultimo jogo da temporada contra nós. Uma vitória nos coloca entre os 8 pra pegar de cara os Canucks e caso isso ocorra, nós seremos franco-atiradores.

Ontem não consegui ver o jogo pois estou em NY e a conexão da wireless aqui é lenta demais no hotel. Mas ouvi o jogo na WGN 720, paralelamente ao jogo do Vasco x ABC também na internet...isso aí ouvi um jogo de hockey na internet e ao mesmo tempo o jogo do Vasco, enquanto minha mulher dormia (ou tentava por causa dos meus comentários sobre os jogos rsrssr). Que confusão bicho!! Bom, pelo menos foram duas vitórias de virada.

Go Hawks, agora afunilou de vez!

Um grande abraço ao Adam Kempenaar. Esse é o cara.

E nos vemos no www.forumcenterice.com !

domingo, 3 de abril de 2011

Dia histórico na cidade do vento

Existem dias que marcam nossas vidas. Hoje foi um deles, e no caso a vida marcada foi a minha. Neste exato instante (23:52 hora local) to deitado no quarto do hotel em Chicago postando talvez o texto mais histórico da vida desse blog, até o dia em que ele deixar de existir, se isso um dia acontecer.

Perdemos um jogo importantissimo dentro de nossa casa. Foi um jogo estranho....chutamos quase o dobro de vezes que o nosso adversário, mas não foi o suficiente pra evitar a derrota por 2 x 0 para o Tampa de Stamkos e St. Louis (eu odeio esse anão). Agora continuamos em oitavo lugar, seguidos por Flames e Stars que venceram hoje seus jogos. Essa semana tudo se define, mas na boa....isso tudo foi o de menos. Muito menos.

Ontem as 21:00 eu e minha dignissima Lidia saímos do Rio rumo a Chicago com vôo com conexão em Atlanta. Após 12 horas, chegamos na cidade do vento por volta de 11:30 da manhã. Partimos em direção a Ohio Street, onde fica nosso hotel, deixamos nossas malas e fomos almoçar. Forramos a pança, tomamos um banho e fomos para o UC. O combinado com o Adam Kempenaar (Diretor de Novas Midias dos Hawks) era ele nos receber, mas por algum motivo em cima da hora ele me enviou um email combinando de nos encontrarmos no intervalo do primeiro para o segundo periodo. E assim foi feito. O cara é realmente fora do comum, nos recebeu com alguns presentes (bonecos de jogadores, revistas, camisa, etc). Tiramos algumas fotos (uma delas eu com o anel de vencedor da Copa Stanley do Adam), eu o apresentei a Lidia e no fim da conversa, ele me solta a pérola: "Tenho algo a lhes propôr, vocês gostariam de conhecer o vestiário depois do jogo? Não sei quais jogadores estarão, mas certamente alguns...". Não preciso nem dizer o que respondi.

Dali o jogo seguiu e no intervalo do segundo para o terceiro tive mais uma prova de que hoje era meu dia de sorte. As mulheres da ice crew dos Hawks entram sempre no gelo nos intervalos atirando camisas dos Hawks pra torcida. Uma delas veio na minha direção e peguei como um wide receiver da NFL, um espetaculo. Mais um brinde da tarde histórica. Mas o melhor estava por vir.

Jogo finalizado, fomos encontrar o Adam que nos levou sim até o vestiário. Unfuckingbelievable o que este cidadão fez. Nos mostrou como tudo funciona, nos deixou mega a vontade no vestiário, tirando fotos a torto e à direito com vários jogadores, pude filmar várias coisas e no final ele ainda filmou um vídeo sobre a minha visita fazendo uma entrevista comigo pra Blackhawks TV. Sinceramente ainda não estou acreditando muito que essa maluquice toda aconteceu não....surreal!

Abaixo seguem algumas fotos e no fim o video da entrevista pra BHTV (filmado pela Lidia com a nossa câmera...notem que no fim do vídeo ainda dou uma enquadrada no Brian Campbell que estava de passagem louco pra ir pra casa depois da dura derrota srsrs).

Eu, Lidia e MJ


Prontos pra guerra rsrs


Eu e Lidia lá dentro (banco atrás de nós)


Eu e Lidia no nosso lugar


O mitico Toews no warm-up


Face-off inicial


Eu e Adam


Eu com o SC ring


Na porta do locker room


No corredor do vestiário, fotos de MJ, Pippen, Rodman, Kukoc e Paxson


Viktor Stalberg


Jake Dowell


Marian Hossa locker


Niklas Hjalmarsson


Corey Crawford dando atenção pra gurizada


Tomas Kopecky


Marty Turco


Duncan Keith (com os dentes rsrs)


Brian Campbell


No caminho para o vestiário

Entrando no vestiário

Entrevista para a Blackhawks TV com o Adam

Nos vemos no www.forumcenterice.com !

Go hawks, não vamos entregar o ouro pro bandido agora! Terça partimos pra NY...e de longe to aki na torcida pelo Vascão na reta final da Taça Rio! salve Felipe Garrincha!

abs

sexta-feira, 1 de abril de 2011

United Center, here we go !!

Hoje vencemos o Columbus fora de casa no SO. O jogo no tempo normal foi 3 x 3 e nossos gols foram marcados por Kane, Seabrook e Bickell.

Agora chegamos a 92 ptos, 5 a frente do nono colocado Dallas, 1 ponto atrás do setimo Ducks, 2 atrás do quinto e sexto (Preds e Kings) e 3 atrás do quarto Coyotes. Ou seja, faltando 5 jogos para os Hawks, tudo está em aberto. O certo é que agora já temos uma folga pros Stars (que têm um jogo a menos que nós).

Na terceira colocação estão os Wings que foram ultrapassados pelos Sharks. Em primeiro está o Vancouver que devem estar babando para nos pegar após serem eliminados dois anos seguidos por nós. Não sei, mas algo me diz que vamos pegar o Detroit de cara. Enfim, só um feeling.

Das ultimas 20 partidas, vencemos 13. O time esta ajeitado, apresentando algumas falhas mas agora é constante no ataque e sempre vem marcando muitos gols (somos o terceiro em média de gols por partidas), tirando a atuação ridicula da ultima quarta contra os Bruins, onde nitidamente faltaram pernas após o tenso jogo em Detroit.

A próxima vez que os Blackhawks entrarem no gelo eu e minha digníssima estaremos em pleno UC na fileira 7 no bloco 102 logo a direita do banco dos Hawks, de frente para a camera que filma o jogo.


Como cheguei de SP agora não tive tempo de comprar cartolina e não sei se vamos conseguir levar o cartaz que gostaria. Amanhã a noite estamos partindo rumo a Chicago, onde chegamos domingo na hora do almoço. O jogo é as 18:00 de lá no domingo, 19:00 do Brasil. Chegaremos, tomaremos um banho, almoçaremos no Navy Pier e partiremos para o estádio, onde seremos recebidos pelo Adam , Diretor de MKT dos Hawks...tudo já acertado com o maluco.

Ano passado a experiência foi fantástica, inesquecível mas saí do UC com o gosto amargo da derrota no OT pros grandes rivais D-Sucks, mas naquela vez o jogo não valia classificação. Tive que ouvir muito do meu irmão, mas tudo bem. Dessa vez, o jogo é importantíssimo, será tenso e a chance deu agredir algum jogador do Tampa é muito grande rsrsrsr...eu diria provável.

É isso aí! Vamos pra cima deles Hawks!!!!!!! UC nos aguarde que tamo chegando!!!! Proximo post já em terra americana com as fotos tiradas no UC (ano passado não carreguei a camera e acabou antes do jogo, me obrigando a registrar tudo somente do celular). Dessa vez vou castigar nas fotos e filmagens rsrsrs.

abs

segunda-feira, 28 de março de 2011

Num jogaço, Hawks vencem os Wings em dia de Marian Hossa

Tem dias que o esporte nos dá a chance de nos alegrar. Vencer os Wings, fora de casa, com um gol no OT e ainda por cima de Marian Hossa...é demais.

Foi um jogão e nós vencemos por 3 x 2. Os outros dois gols foram anotados por Toews e Seabrook. Patrick Kane continuou sua sequência espetacular de atuações e cravou duas assistências no jogo.

Foi uma vitória maiúscula por se tratar de um clássico da NHL, por ser fora de casa e por não termos outra alternativa a não ser vencer nesse momento do campeonato.

Amanhã segue a pedreira e é contra o excelente Bruins, na casa deles. Na sexta pegamos os Jackets fora de casa também e no domingo voltamos (os hawks e eu) ao UC para pegar o Tampa. Se conseguirmos ganhar 3 dos 6 pontos que temos pela frente, acho que seguiremos bem na fita.

ps1: nesse momento o Anaheim vai perdendo dos Avs dentro de casa por 2 x 0. Será que o Colorado vai aprontar e nos ajudar?

ps2: se terminasse hoje, seria Hawks x Wings. Ja pensou? Ainda os enfrentaremos duas vezes até o fim da regular e até o momento ganhamos 3 deles na temporada, contra 1 derrota.

Vamo hawks!!

abs

domingo, 27 de março de 2011

Huge loss in Chicago

Perdemos um jogo que se enquadrava naqueles famosos "que não se podiam perder". O jogo foi 2 x 1 pros Ducks que agora assumiram a sétima posição nos standings, enquanto nós caímos para o oitavo lugar. Nosso gol foi anotado por Hossa e os dois deles por Corey Perry, que por sinal é um monstrinho.

Tudo bem, todo time que quer ser campeão tem que vencer grandes times ainda na regular e em momentos tensos, o esporte é assim. E nada melhor que pegar na sequência Wings e Bruins fora de casa....duas pedreiras. Jogos que vão mostrar do que nosso time é capaz. Eu arrisco duas vitórias apertadas pra gente.

Vamos time!!

obs: parabéns ao time do Vascão de beach soccer, campeão mundial! Com direito a vitória nas semi contra os urubus fdp's.


Aquele abraço do time da super radio Tupi.

quarta-feira, 23 de março de 2011

Chicago vence a sexta seguida em casa e continua forte rumo aos offs

Vencemos muito bem, dominando o jogo. Foi 4 x 0 e poderia ter sido muito mais. Os gols foram marcados por Seabrook, Stalberg, Kane e Kopecky.

Todos os gols sairam de otimas trocas de passes. Destaco o gol de Stalberg (que funcionou muito bem na primeira linha) com assists de Kane e Toews, e também o gol de Kopecky (golaço) com assists de Hossa e Frolik.

Uma nota marcante do jogo foi a estréia do jovem Marcus Kruger de 20 anos no roster dos Hawks. O novato que foi chamado de volta da Suécia para substituir Sharp foi bem no jogo e mostrou que tem uma baita alegria nas pernas. Bastante arisco e dando inclusive alguns hits.

Campbell voltou muito bem de contusão e pareceu estar inteiraço, sem forçar a barra. Agora vem uma sequencia imnportantissima de jogos, a começar pelo Anaheim que nessa noite venceu um jogo incrivel contra os Stars (ambos estavam empatados com 85 pontos) na prorrogação. Dallas vencia até 5 segundos do fim, quando o imortal Selanne empatou no tempo normal. O lado ruim desse jogo foi que os dois somaram pontos.

Voltando ao nosso jogo, o third star foi Crawford, o second star foi Toews (duas assists) e o first star foi Seabrook (1G e 1A).

Abaixo segue a classificação da Oeste.


Mais uma vez lembro quais todos os jogos que faltam:

26/3: Ducks (UC)
28/3: Wings (fora)
29/3: Bruins (fora)
1/4: Blue Jackets (fora)
3/4: Lightining (ESTAREI NO UC!!!!)
5/4: Canadiens (fora)
6/4: Blues (UC)
8/4: Wings (fora)
10/4: Wings (UC)

Pra cima dos Ducks, Hawks! Não tinha hora melhor pra pegá-los em pleno UC (vencemos as ultimas 6 em casa).

ps: a 10 dias de adentrar o UC!

abs

domingo, 20 de março de 2011

Playoff win

Post breve pois estou mortaço! Vencemos fora de casa por 2 x 1 num jogaço contra o insinuante Coyotes, que vinham de 5 vitórias seguidas. Agora voltamos a quinta posição.

Foi um autêntico jogo de playoffs. Nossos gols foram marcados duas vezes em power play, por dois defensores: Keith (que jogou muito) e Campoli, que marcou pela primneira vez pelo Chicago (após assitência espetacular de Toews).

Não contamos mais uma vez com Bolland e Campbell. E não ficamos por aí nas baixas. No primeiro período numa jogada boba, Sharp de machucou e não voltou mais para o jogo. Ainda não se sabe o que de fato aconteceu, que Deus permita que não seja nada grave.

Na proxima quarta receberemos os Panthers no UC as 20:30 do Brasil. Pra cima deles Hawks!!!

obs: Viva Diego Souza...que venha o Flu!

obs2: nos vemos no www.forumcenterice.com !

abs

segunda-feira, 14 de março de 2011

Chupa Niemi !!!!!

Com um segundo período incomum, onde marcamos 5 gols, vencemos bem o Sharks e assumimos a quarta colocação novamente nos standings, a 2 pontos do time de San José, que é o terceiro colocado. Nossos gols foram marcados por Stalberg, Hossa (2 vezes em power plays seguidos), Toews, Hjalmarsson e Kane.

O jogo teve alguns aperitivos interessantes. Um deles foi a sensação maravilhosa de ver Niemi sendo sacado após tomar o quarto gol dos Hawks. Chupa Niemi!!!


Outros fatos importantes foram:

- Johnathan Toews, o third star do jogo, chegou ao 30º gol na temporada e ainda anotou uma assistência.

- Kane passa a ser o terceiro jogador mais jovem dos Hawks a atingir a marca do 100º gol na carreira (atrás apenas de Jeremy Roenick e Bobby Hull).

- Sharp foi o first star do jogo, anotando simplesmente 4 assistências (ultima vez que isso tinha acontecido tinha sido em 1973), todas no segundo período.

- Marian Hossa chegou a 21 gols na Liga e atingiu chega a marca de 20 gols pela décima temporada consecutiva.

- Mais uma grande partida de Kopecky, que anotou 2 assistências. Já são 27 na temporada (tem 13 gols). Pontuação recorde na carreira.

- Atuamos sem Bolland e Campbell lesionados e mesmo assim conseguimos essa vitória expressiva. Frolik novamente substituiu Bolland como center na segunda linha ao lado de Hossa e Brouwer (que ganhou a posição nesta linha, jogando Bickell para a terceira ao lado de Pisani e Dowell). Já o mão pesada John Scott substituiu Campbell na defesa.

Nosso próximo jogo é contra o Dallas na quinta-feira, fora de casa. Na tabela, atrás de nós (84 pts) estão: Kings (83 pts - 1 jogo a menos), Coyotes (83 pts), Stars (82 pts - 1 jogo a menos) e Flames (81 pts - 1 jogo a mais).

E mais uma vez, seguem todos os nossos 12 próximos jogos na temporada regular:

17/3: Stars (fora)
20/3: Coyotes (fora)
23/3: Panthers (UC)
26/3: Ducks (UC)
28/3: Wings (fora)
29/3: Bruins (fora)
1/4: Blue Jackets (fora)
3/4: Lightining (ESTAREI NO UC!!!!)
5/4: Canadiens (fora)
6/4: Blues (UC)
8/4: Wings (fora)
10/4: Wings (UC)

Pra cima deles Hawks!

abs

domingo, 13 de março de 2011

Hawks perdem no OT e permanecem em quinto

Perdemos por 4 x 3 no OT contra dos Capitals em Washington. Foi um belo jogo, e a emoção foi até o fim. Estavamos perdendo por 3 x 2 até faltar 30 segundos, quando marcamos com Toews num PP (finalmente ufa). Nossos outros gols foram marcados por Nick Leddy e Kopecky.

Levamos o jogo pra prorrogação que foi lá e cá o tempo todo e eles acabaram levando a melhor.

O bom foi fomar um ponto e continuar na quinta posição com 82 pontos. Nesse momento estão jogando Stars (quarto com 82) e Kings (sexto com 81). O melhor é sair vitória de alguém, pois pelo menos só um deles pontua.

Nos ultimos 3 jogos não vencemos, mas somamos dois pontos, o que dá no mesmo que tivessemos vencido 1 jogo, já que os 3 jogos foram contra times do Leste. Ou seja, não nos prejudicamos por eles também terem levado pontos.

Amanhã tem jogaço contra o Sharks no UC. Home sweet home.

Vamo pra cima que tá afunilando!

abs

sábado, 12 de março de 2011

It´s time to win again

Depois de perdermos um jogo no tempo normal para os Panthers e um no SO para o Tampa, os Hawks precisam vencer de novo, pois a tabela está toda embolada. Com a vitória do Dallas ontem, agora estamos em quinto lugar nos standings, empatados em numero de pontos com o sexto (Kings), setimo (Coyotes - tem 1 jogo a mais) e oitavo lugar (Flames - 2 jogos a mais). Em nono lugar estao os Ducks, com 2 pontos a menos e o mesmo numero de jogos.

No jogo da ultima quarta-feira com o Tampa, mereciamos a vitória, assim como ja tinha acontecido contra os Panthers. Após estarmos perdendo por 3 x 1, empatamos o jogo e pressionamos muito até o fim, inclusive no OT quando Bickell perdeu um breakaway onde poderia ter matado o jogo. Mais uma vez, o destaque foi a primeira linha, que obteve uma marca incrivel no jogo: os 3 gols marcados foram feitos por cada um deles (Sharp-Toews-Kane). Toews ainda anotou duas assitências nos gols de Kane e Sharp e cada vez é mais forte na Liga o movimento para que ele leve o Hart Trophy (MVP da regular) pra casa. Com apenas 22 anos, Johnathan Toews vai se transformando tão novo num dos jogadores mais impressionantes que a NHL pode construir. Que fase da linha 1 !

Amanhã jogamos em horário alternativo, as 14:30 de Brasilia contra os Capitals. Assistirei ao jogo comendo frango de padaria com farofa!

Com 14 jogos por jogar, nossa sequência de jogos daqui pra frente será emocionante, só jogaço:

13/3: Capitals (fora)
14/3: Sharks (UC)
17/3: Stars (fora)
20/3: Coyotes (fora)
23/3: Panthers (UC)
26/3: Ducks (UC)
28/3: Wings (fora)
29/3: Bruins (fora)
1/4: Blue Jackets (fora)
3/4: Lightining (ESTAREI NO UC!!!!)
5/4: Canadiens (fora)
6/4: Blues (UC)
8/4: Wings (fora)
10/4: Wings (UC)

É hora de vencer novamente e partir segunda insandecido pra cima dos Sharks de Niemi.... go hawks!!!!!!!!

abs

terça-feira, 8 de março de 2011

Hawks perdem na Florida

Em 39 chutes, fizemos 2 (Kane e Hossa).
Em 15 chutes, fizeram 3, em 3 falhas nossas.

Nada mais a dizer.

E que amanhã o fdp do puck entre!

abs

sábado, 5 de março de 2011

Hawks keeps rolling

Mais uma atuação brilhante do time. Não demos chance para um ascendente Leafs (6-3-1 nas ultimas 10) fora de casa e vencemos por 5 x 3. Os gols de Hossa, Frolik, Toews (o que mais dizer deste cidadão?), Kopecky e Bickell provaram mais uma vez que o time de Chicago tem profundidade suficiente para brigar sim pela Copa Stanley. As 4 linhas mais uma vez marcaram gols...mas cá pra nós, o que a primeira (Kane-Towes-Sharp) e segunda linha (Hossa-Bolland-Bickell) estão fazendo é de encher os olhos.

Ainda no primeiro período fizemos 3 x 0, com o terceiro gol tendo sido uma pintura de tabela entre Toews, Kane e Hossa. Neste gol mais uma vez o capitão mostrou que é um autêntico center, se posicionando no lugar certo pra receber a assistência de Kane e empurrar pro gol, numa jogada que ele mesmo começou lá na defesa. É o nono jogo seguido que Toews pontua e na sequência de 8 vitórias, o monstro marcou 7 vezes, assim como o cara de rola cansada nº 81.

Nos ultimos 7 jogos, marcamos pelo menos 4 gols em 6 jogos e já somos o time com terceira maior média de gols da Liga (3.2). Nosso PP que não foi bem na partida de hoje (0 de 4), mas em compensação, nosso PK está cada vez melhor (hoje matou 5 de 5). Depois de um início de temporada ridículo, nossos jogadores encontraram a quimica de como se deve jogar pra matar os PP´s adversários, assim como foi na temporada passada, quando ganhamos o título com o melhor PK da Liga.


E o Crawford? O que dizer de Corey Crawford. Na sequência de oito vitórias, o rookie camisa 50 iniciou em todas. Continua fazendo defesas espetaculares e salvadoras nos momentos mais críticos dos jogos. Que baita goleiro....é inevitável compará-lo com Niemi ano passado, sendo que ele não toma frangos esporádicos que Antti tomava de vez enquando. Certamente se os Hawks chegarem bem aos playoffs, Crawford tem enormes chances de vencer o Calder Trophy, já que dos demais postulantes (jogadores de linha), vários deles nem aos playoffs chegarão, e isso conta muito. Crawford hoje no terceiro período, com o jogo pegando fogo, defendeu um penalty shot e foi importantíssimo em mais uma vitória do time. Turco, vai ensinar macaco a conhecer dinheiro!

NOTAS: Ryan Johnson de fato encontrou seu espaço no roster e tem jogado muito; seu aproveitamento grosseiro nos face-offs, blocks e puck control nos PK´s são monstruosos...Keith aparentemente quebrou o dedo indicador da mão direito após um block, mas não deve ser problema para o jogo de terça-feira...os Hawks tem 5-0-2 nos ultimos 7 jogos fora de casa...Marty Turco nesta semana deu entrada nas assinaturas anuais de A Turma do Chico Bento e Coleção Vaga-Lume para ler durante os jogos, pois me parece que Crawford não irá parar de jogar nem que tenha uma dor de barriga de cagar até o pâncreas.

Terça tem contra os Panthers fora de casa novamente. Go Hawks, pra cima deles Denilson!!!

abs

sexta-feira, 4 de março de 2011

7 seguidas ... mas queremos mais

É meus amigos, que fase. Vitória por 5 x 2 no UC. Gols de Toews, Bickell, Johnson, Bolland e Kane. E ainda chutamos 5 na trave.

O time jogou muito, dominou o jogo inteiro e com um terceiro periodo avassalador (quando marcou 3 gols), não deixou o time de Carolina respirar.

Dave Bolland e Brian Bickell chegaram a 15 gols na temporada cada um e mostraram que são parte muito importante desse time. Aliás o que está jogando a linha Hossa-Bolland-Bickell é brincadeira.

Outro destaque do jogo foi Chris Campoli, defensor recém chegado de Ottawa. Anotou duas assistências e distribuiu hits destruidores pelo gelo. Excelente aquisição este psicopata.

Outra coisa muito boa foi que Kane voltou a marcar e com este gol chegou a 21 na temporada.

Sétima vitória seguida. Quarta posição na Oeste mantida e já estamos a apenas 7 pontos do segundo colocado, que são os Wings, sendo que os enfrentaremos ainda 3 vezes na regular.

Amanhã pegamos os Leafs fora de casa. Pra cima deles Hawks!!!! A fase está boa e vamos buscar mais uma vitória sem medo de ser feliz.

NOTAS: o first star do jogo foi Marian Hossa com duas assistências, que fase do maluco...quem também deu duas assists foi Sharp (a do gol do Kane foi foda)... o jogo de hoje foi o primeiro de uma séria de cinco seguidos contra times da conferência leste (faltam Toronto, Florida, Tampa Bay e Washington)...nessas 7 vitórias seguidas foram marcados 28 gols e os artilheiros foram Toews (6), Hossa (6), Kane (3), Bolland (3), Sharp (2), Kopecky (2), Bickell (2), Johnson (1), Frolik (1), Stalberg (1) e Campbell (1)... das últimas 12 partidas, vencemos 9, perdemos 2 no SO e 1 no tempo regular, ou seja, pontuamos em 11 de 12... falta menos de um mês pra adentrar o UC novamente!!

Aquele abraço.

Nos vemos no www.forumcenterice.com!

quarta-feira, 2 de março de 2011

Hawks despacham os Flames ... já estamos em quarto !

Vitória no UC por 6 x 4. Chegamos a estar vencendo por 4 x 1 no segundo periodo, mas no terceiro eles marcaram 3 vezes e quase vimos a vitória escapar. Foram 2 de Toews (5 gols nos ultimos 3 jogos), Frolik, Campbell (PP), Bolland e Hossa (EN).

O time jogou o fino em 2/3 do jogo. Um dos juizes estava completamente perdido no gelo e só fez besteira...uma delas foi um goalie interference absolutamente bizarro que ele deu de Toews no goleiro adversário. Ninguém entendeu nada...o pior foi que esta marcação resultou em gol dos Flames e quase nos complicou quando vencíamos por 1 x 0.

Vários gols foram verdadeiras pinturas. O primeiro foi mais uma prova de que nossa first line é realmente a melhor da Liga no momento. Kane, Toews e Sharp estão jogando por musica, e a triangulação que teve como fim Toews empurrando sem goleiro pra dentro das balisas foi sensacional, parecia treino. O segundo gol foi normalzinho mas se tornou especial pois foi o primeiro de Michael Frolik com a jaqueta dos Hawks, após belo passe de Dowell. Frolik nas ultimas duas temporadas marcou 21 gols na regular e tem tudo pra deslanchar agora que abriu a porteira.

O terceiro gol, em power play, saiu em uma troca de passes interessante. Keith from the point rolou pra Bolland (tradicionalissimo nessa posição em PP's) que de trás da linha dos pipes rolou de volta na direção da blue line para Campbell bater quase que com o open net, golaço (o quarto de na temporada do jogador que tem o maior salário do plantel - U$ 7.100.000,00/ano).

O quarto gol foi um golaço do melhor jogador da NHL no momento. The Red Hot Johny Toews. Recebeu de Frolik na meia direita, deu um drible desconcertante no marcador e bateu seco, gol de craque. O sujeito está numa fase imarcável. O capitão já está com 25 gols na temporada e parece mais do que nunca que quer mais um anel da SC.


NOTAS: as linhas defensivas foram formadas pelas seguintes duplas Keith-Leddy, Seabrook-Hjalmarsson , Campbell-Campoli (boa estréia)....nesse momento os Wings estão vencendo os Ducks por 1 x 0. Se os Wings perderem (acho dificil), estaremos a 8 pontos deles, sendo que ainda os enfrentaremos 3 vezes até o fim da regular...Viktor Stalberg saiu na porrada, nunca tinha visto isso...foi o quinto jogo seguido em que Hossa marcou...Frolik além de seu gol, anotou duas assistências...ao ser entrevistado por ser eleito o first star do jogo, a torcida que lotou o UC não deixou Toews falar aos berros de "MVP, MVP, MVP"...

Sexta tem contra os Hurricanes no UC as 21:00 de Brasilia. Go Hawks!!!!!

Nos vemos no www.forumcenterice.com !!

abs

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Chicago keeps the momentum

Vitória por 4 x 2 fora de casa (Sharp, Kopecky, Toews e Hossa).

Sei que é repetitivo, mas eu não tenho culpa. Sou obrigado a falar de novo: o que Johnathan Toews joga de hockey é um absurdo.

Com 2 assistências e um gol num contra ataque eletrizante (que teve passes de Sharp e Kane), nosso capitão mais uma vez desequilibrou num jogo decisivo para nossas pretensões no campeonato. Guardadas as devidas proporções Toews tem o perfil de grandes jogadores do futebol como Romário. É impressionante como cresce na mesma proporção do tamanho da importância das partidas. Está jogando no mesmo nível dos playoffs do ano passado, quando atingiu o recorde de pontos da história dos Hawks nos offs de uma temporada. E não satisfeito ganhou o troféu de melhor jogador das finais. Hoje foi mais um jogo em que ele deixou sua marca como o melhor da partida. Em 3 atos acabou com o jogo.

No início do segundo periodo numa bela assistência deixou Sharp na cara do gol pra este marcar o seu 33º na temporada e chegar ao posto de segundo artilheiro da Liga. Temporada monstra de Sharp Shooter.

O segundo ato veio num contra ataque espetacular puxado por Shooter, que lançou Kane que por sua vez esperou a hora certa de rolar pra Toews empurrar de carrinho alá Viola.

O terceiro, ultimo e mais espetacular ato veio no momento mais tenso do jogo. Nessa hora nem sentado eu estava mais. A 3 minutos do fim, com o adversário colocando pressão após dois gols seguidos, nosso amigo Kopecky consegue a façanha de cometer um delay of game ridiculo. Rolou uma tensão medonha e no fundo eu já tinha a certeza de que entregaríamos mais uma partida de bandeja. Já tinhamos matado metade do PP, quando após uma blitz deles Toews roubou o puck e puxou o contra ataque pela ponta esquerda. Num 2 x 1 classico, Marian Hossa abriu e com o open net, Toews rolou e Hossa empurrou. Shorthanded goal espetacular. Acordei meio prédio certamente com o grito de "He scores!". A torcida do Hawks se fez ouvir aqui no meu prédio e na casa dos Wilds, em alto e bom tom. Agora Captain Serious tem 23 pontos nos ultimos 14 jogos.

Tudo mudou. A energia, a atmosfera, a confiança, o respeito dos adversários. Martin Havlat (ex Hawks), após o jogo falou: "It looked like we were giving them too much respect". Um bom momento de time, muda sim a forma como seus adversários entram no gelo. Ainda mais quando se trata de um campeão do ano anterior. Temos que saber usar isso para o lado bom (porque tambem tem o lado ruim, todos querem atropelar a gente todo jogo).

Pela primeira vez emplacamos 5 seguidas na temporada. Na torcida, o sentimento genuíno de que o titulo é algo absolutamente possível. E por que cargas dágua não seria? Se não acreditarmos, quem vai? Sem soberba alguma, com humildade, passo a passo podemos chegar. Com Toews jogando isso tudo, podemos. Com Sharp on fire, podemos. Com Marian Hossa marcando nos ultimos 4 jogos, podemos. Com Kane distribuindo assistências a torto e a direito, podemos. Com Keith-Seabrook-Campbell-Hjalmarsson jogando bem, claro que podemos. Até Kopecky está batendo seu recorde de gols em uma temporada. A maré virou....e a animação pra ver os jogos dos Hawks também. Falta muita coisa, nem garantido nos playoffs estamos, mas o momento é muitissimo favorável. Que continue assim, pois depois de amanhã tem contra o Calgary no UC! É o tipico jogo perigoso, mas temos que ir pra cima deles com se não houvesse amanhã....se chicago fosse logo ali, eu iria nesse jogo fácil!

PS: no ultimo dia de trades, adquirimos Chris Campoli, defensor vindo dos Senators. Importante aquisição, principalmente porque Hendry se machucou no joelho no jogo de ontem e está fora da temporada.

Nos vemos no www.forumcenterice.com! Toews for president.

abs

Sequência mantida contra os Coyotes no UC

Post rápido na correria!

Foi um típico jogo de playoffs. Eletrizante, cheio de alternativas e jogadores atuando no limite até o fim do jogo. No tempo regular e OT, terminou 3 x 3 e nossos gols foram marcados por Toews (2) e Hossa.

Após um inicio forte no primeiro período, onde fizemos 2 x 0 , os Coyotes se recuperaram e marcaram 3 vezes no segundo período, quando tambem fizemos mais um, com Hossa.

Toews novamente fez uma baita partida e esta liderando o time rumo aos playoffs. Hossa vem em um ritmo alucinado e Kane também contribuiu muito bem com duas assistências na noite de ontem.

No OT tivemos boas chances e não marcamos. Já no SO, Toews já abriu marcando e este foi o unico gol da série de 6 chutes dos dois times. Crawford foi o destaque, defendendo as 3 tentativas do adversário.

Hoje tem contra o Minesota na casa deles. Adversário direto nos standings...vitória obrigatória e se isso acontecer será a primeira vez que atingiremos 5 vitórias seguidas na temporada.

PS: Seabrook renovou contrato por mais 5 anos. Ótima noticia!

Go Hawks!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Subindo a ladeira

Vitória maiúscula fora de casa contra os rivais Predators. 3 x 0 com gols de Kopy, Hossa e Sharp. Atuação perfeita de Crawford que emplacou seu terceiro shutout da temporada e cada vez mais deixa a duvida na cabeça de quem vota pelos postulantes ao Calder Trophy da temporada. Ao parar os 31 chutes dos Preds, Crawford terminou o jogo com impressionates marcas:

- segundo goleiro (perdendo apenas para Thomas do Boston) em goals against average com 2.11
- sexto goleiro em save percentage com .923

Com 4 vitórias nos últimos 5 jogos, atingimos o sexto lugar nos standings da Oeste e domingo enfrentamos os Coyotes que ainda devem estar tontos com a bordoada que tomaram de 8 x 3 do Tampa Bay anteontem. Lembrando que agora temos 70 pontos enquanto o proximo adversário tem 75. Depois do time de Phoenix, pegaremos o Minesota e o Calgary, também adversários diretos. Melhor tabela, impossível.


Ontem tivemos outros sinais importantes de que o momento parece realmente ter mudado. Parece que a energia em cima do time é outra, e sobretudo a confiança. O time nitidamente tem se imposto diante dos adversários, com nossas melhores estrelas dando conta do recado, seja na defesa ou seja no ataque. O jogo de ontem foi emblemático, tivemos Coach Q de volta; Kopy voltou a marcar; Hossa voltou a marcar em breakaways após roubada de puck, coisa que ano passado ele foi infalível (aliás o que tem jogado Hossa tem sido impressionante); Keith-Seabrook-Campbell-Hendry-Leddy-Hjalmarsson se revezando e funcionando muito bem....enfim são vários os motivos animadores. Agora só esperamos que o time continue desse jeito, sendo os verdadeiros Hawks que conhecemos!

NOTAS: a fase de Johnathan Toews continua avassaladora, 16 pontos nos ultimos 11 jogos (3G, 13A)...o gol do Kopy foi claramente de um time que está se acertando e se entendendo melhor, com delayed penalty, Sharp aguardou Kopecky vir do banco como extra attacker e soltar o pombo sem asa na gaveta...o 32º gol na temporada de Sharp o deixa a apenas 4 gols de seu recorde, que é de 36 gols na regular (2007-2008) e seus 56 pontos o deixa a 10 pontos de seu recorde em pontos, anotados na temporada passada...Keith teve uma noite inspiradora, com 4 chutes e 4 blocks, teve ainda plus-2 rating (assim como seu parceiro Seabrook.

PS: nos vemos no www.forumcenterice.com!!

abs

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Hawks' top line on fire

Ontem à tarde vencemos muito bem os Blues por 5 x 3 fora de casa. Gols de Stalberg, Bolland, Kane, Toews (PP) e Hossa (EN).

O jogo foi num horário muito louco, começando às 16:00 de Brasilia. Esqueci que o horário de verão havia terminado e na correria do trampo só fui checar o box score quando estava no primeiro intervalo. Foi desanimador ver que perdiamos por 2 x 0. Saí para uma reunião e quando voltei já estava 4 x 2 para nós.

Em um segundo período avassalador, os Hawks marcaram 4 seguidos. Destaques da partida foram Hossa (1G, 1A) e a primeira linha composta por Sharp-Toews-Kane. Essa linha está on fire. Combinaram 6 gols e 9 assistências nos ultimos 3 jogos. Coisa linda ver que 3 de nossas maiores estrelas decidiram transformar a pressão imprimida no time por conta da corridas pelos playoffs em ótimas atuações. Nosso capitão, que tem 1 gol e 4 assists neste período, afirmou ontem após o jogo: "Não temos mais tempo a perder...". E não temos mesmo.

Quinta temos mais uma partida ultra, mega, super decisiva contra os Preds na casa deles. Até o momento os Preds tem 70pts, mas está jogando nesse exato instante.

Vamos pra cima que agora encostamos e precisamos passar por cima dos adversários!!

Nos vemos no www.forumcenterice.com !!

abs

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Vitória contra os Penguins em casa nos mantém vivos

Chicago Blackhawks está se constituindo como quase o Botafogo do Hockey. Tudo tem que ser sofrido...incrível.

Após entregar mais um jogo de bandeja na última sexta-feira contra os Jackets (derrota de 4x3 no UC), hoje foi a vez de enfrentarmos os Penguins (ainda sem Coach Q no banco) num confronto que passou ao vivo em TV aberta nos EUA, num duelo entre os dois ulimos campeões da Copa Stanley. Está certo que os adversários ainda estão sem Crosby Fanchona e Maltby, mas a simbologia do jogo é o que vale e somamos dois pontos pra continuar na briga. Nos restam 23 jogos e vai ser sofrido até o fim pelo que parece.

Quem marcou os gols do jogo de hoje foram Sharp (que já havia feito 2 na sexta) e Bickell (num frangaço de Fleury). Após um OT emocionante (pelo que li, pois não vi o jogo e mal vi os Highlinghts agora) com chances para os dois lados, levamos no SO com um golaço do pinguço* Kane e Crawford brilhando between the pipes.

* Pinguço pois no início dessa semana Kane não treinou por dois dias seguidos e foi divulgado que ele estava com sintomas de gripe. Mas na verdade foram divulgadas fotos na net de Kane num bar em Chicago, após o time chegar de Phoenix no domingo passado. O sujeito rachou a palhaça de cana e ficou sem condições dois dias. Não é a primeira vez que Kane apronta mamadices (quem não recorda que ele já foi preso loucaço após sair na porrada com um taxista há 2 anos atrás DENTRO DO TAXI por causa de 20 cents e também de sua performance na Stanley Cup Parade entornando todas?). Que o cara tem direito tem....com apenas 21 anos e ganhando cerca de U$ 500.000,00 por mês, sendo um astro do esporte, é claro que é natural que ele barbarize no rock. Mas num momento como esse, onde os Hawks precisam se concentrar e vencer jogos importantes, Kane precisa dar uma segurada e ficar miudinho mantendo o nível de glicose em teores saudáveis. Pelo menos nas partidas seguintes ele jogou muito e o episódio vai acabar ficando pra trás, se é que já não ficou.

Videos abaixo sobre a prisão de Kane em 2009 e de sua performance na SC Parade, inclusive com discurso no fim mandando uma saudação aos taxistas!!rsrsrsrsr, o cara é muito louco bicho.





Pingas à parte, essa semana será mais que decisiva para os Hawks. Estamos com 66 pontos e na Oeste tem 5 times empatados com 68 pontos (Kings, Stars, Wild e Ducks). Flames tem 70 pontos, com 2 jogos a mais que nós. Ou seja, o bicho vai pegar. Na sequência de jogos teremos:

Segunda, 21/2 - @ St. Louis (63 pts)
Quinta, 24/2 - @ Nashville (70pts)
Domingo, 27/2 - Phoenix (68pts)
Segunda, 28/2 – @ Minnesota (68pts)
Quarta, 2/3 – Calgary (70pts)

Hawks, é pegar ou largar. Parem de entregar jogos porra!

Nos vemos no www.forumcenterice.com !

abs

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Vitória para Coach Q

Vencemos e convencemos contra os Wilds ontem à noite no UC. Vitória por 3 x 1 com dois gols de PP (Campbell e Brouwer marcaram com um homem de vantagem e Dowell completou o score com um empty net goal, no ultimo minuto).

O time jogou muito bem mais uma vez, aliás a sequência tem sido de ótimos jogos dos Hawks e parece que o time está se sentindo bem sob a pressão de ter que pontuar em todos os jogos na busca pela vaga nos 8 melhores da Oeste. A nova segunda linha Hossa-Bolland-Frolik teve um desempenho espetacular, com Bolland assistindo nos 3 gols e Hossa assistindo em 2 deles. Marian Hossa pelo segundo jogo seguido fez a diferença e que ele continue assim!

Nossa baixa foi Coach Q que acabou hospitalizado na noite de segunda-feira com uma indisposição. Durante o dia de hoje saiu um boletim médico que de certa forma tranquiliza a todos, já que ele está bem e inclusive disse que assistiu o jogo do hospital com um bom espírito de torcedor que também é. Bola pra frente Coach Q!

Continuamos em decimo primeiro lugar da conferência a 3 pontos do oitavo lugar. Amanhã enfrentaremos os Blue Jackets no UC novamente e domingo também em casa jogaremos contra os Penguins. Sequência importantitssima! Vamos pra cima!

abs

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Duas derrotas seguidas fora / 3 jogos com pontos seguidos - Copo cheio ou vazio?

Mais uma vez não pude assistir ao jogo pois estive ontem em 415 eventos familiares, e agora pela manhã ao ver o placar e os highlights ainda bem que não vi mesmo. Pois pelo que vi mais uma vez o time merecia sorte melhor e eu certamente teria ficado indignado. Após um OT em que demos 5 chutes contra apenas 1 dos coyotes, perdemos pela segunda noite seguida no SO após perdermos as 3 tentativas com Toews, Kane e Hossa.

O jogo regular terminou em 2 x 2 quando fomos buscar o placar após estarmos perdendo por 2 x 0. Com gols de Keith e Brouwer em PP empatamos e quase viramos com Sharp faltando 1 minuto.

A jogada crucial que náo aproveitamos foi no OT um breakaway no OT 2-on-0, faltando 1m10s, onde Kane e Bolland não foram capazes de converter a chance em gol. Absolutamente incrivel esse gol perdido, do tipo daqueles "gol mais perdido da rodada" no Fantástico. Nessa altura do campeonato os Hawks ainda estão se dando ao luxo de perder chances como essas. Fora de casa em 2 noites seguidas, contra adversários diretos, numa noite faz 3 x 0 e entrega, na outra corre atras do placar, consegue o empate mas perde chances incriveis de vencer o jogo.

Pra nós torcedores, resta continuar a fazer corrente positiva para quer a maré de sorte mude, porque seria muito mais fácil desistir se o time estivesse jogando mal e merecendo perder. Mas não é o caso, todo jogo termina com a sensação se que o final deveria ter sido diferente. Pontuamos nos ultimos 3 jogos e nesta noite que passou vimos algo incomum de acontecer que é atropelarmos no terceiro período. De fato animador. Hossa também pelo que li nas reportagens sobre o jogo também jogou demais e é disso que precisamos dele (inclusive completou ontem 800 pontos na carreira. Coach Q deu uma declaração otimista: "There is still plenty of time. Twenty-six games is well more than a quarter of the season". Veremos!

Vamos à luta! Quarta jogamos contra o Minesota no UC após um longo tempo fora de casa.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Turco, desiste...

O jogo foi emocionante, mil chances de perigo para ambos os lados, 3 gols dos hawks no primeiro periodo, 3 gols dos stars nos dois periodos seguintes. Mas no fim, decidido no SO, deu Dallas por 3 x 1 (era demais esperar que o anão do turco pegasse alguma coisa no SO).

A partida contou com a volta do goleiro a Dallas, que fez boas defesas durante o terceiro período. Mais uma vez os juizes erraram contra os Hawks. Num gol de Seabrook que o puck claramente entrou (não entendo como mesmo após ver o video os imbecis decidem pelo errado) e no terceiro gol dos stars onde o stick do atacante adversário toca o puck acima da linha da balisa superior. Enfim, mas o que dizer quando o time faz 3 x 0 e cede o empate? Basta lamentar e comemorar o ponto que levamos do jogo.

A conclusão (mais do que repetitiva) é que com o ananias não dá. Ele pegou vários pucks dificeis mas mesmo nesses jogos o time não ganha. Ele não dá. Há muito tempo.

O time foi bem, mas não venceu de novo, então segue a batalha e amanhã é contra os coyotes em Phoenix.

Veremos.

abs

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Vitória em Edmundo nos mantém vivos na briga

Vencemos, só não sei se convencemos, pois só vi o primeiro período. Vitória por 4 x 1 (gols de Sharp, 2 de Kane e 1 de Bickell). Hoje de manhã vi todos os gols e o terceiro do time (1º do Kane) foi um golaço. Belissimo passe de Toews pra Kopecky e mais bonito ainda o passe de Kopy para trás para Hurrikane entrar de carrinho e marcar.

Precisamos de Kane e nos ultimos jogos ele vem mostrando que está com a faca no dente...assim como precisamos de Hossa que começou a temporada com tudo e após voltar da lesão ainda não foi o mesmo. Está na hora de ser, pois precisamos muito dele. Acho que ele é o ponto de desequilibrio (a favor eu digo) na segunda linha. E tendo duas linhas muito fortes (a primeira sendo Kane-Toews-Brouwer e a segunda Hossa-Sharp-Kopy), com uma defesa funcionando, dá pra chegar aos playoffs e chegar a Stanley. Fora isso, continuaremos correndo riscos.

Visando fortalecer a terceira ou quarta linha, ontem trocamos caolho Jack Skille que pra cada 298 chutes acerta um no gol (e foi 7º pick do first round de 2005), por Michael Frolin, ala do Florida Panthers (8 gols e 21 assitências até o momento). Não sei que apito o Frolink tocava na Florida mas só de acertar o gol, já terá mais utilidade que Skille vinha tendo. Há tempos estava se desenhando uma negociação envolvendo Skille que nunca explodiu na NHL como se imaginava nos tempos de seu draft. É um cara que se dedeica muito e nitidamente dá o sangue, mas não consegue converter isso em pontos, e no bottom line, isso que vale.

Ah, e outra: nosso PP ontem pela segundo jogo seguido sofreu bastante (1 de 6). Precisamos voltar a fazer gols com homens de vantagem, isso faz diferença. E no 5 contra 5 também, claro. Aliás, o pacato Duncan Keith, após a derrota para os Flames segunda-feira, ao ser perguntado por um reporter o que tinha acontecido com o PP dos Hawks, foi curto e grosso, surpreendendo quem por perto estava: "Foda-se o power play, só ganha jogo quem faz gol no 5 x 5". Rock´n roll na veia!!

Sexta tem contra os Stars na casa deles....e foda-se o power play! risos

abs

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Se minha tia tivesse p... não era minha tia, era meu tio

Post breve pois o bicho ta pegando por aqui no trampo.
Só vi o primeiro período do jogo de ontem, o qual perdemos por 3 x 1 (gol de Kane) fora de casa dos Flames. Não tive saco de ler o recap do jogo. Muito menos curiosidade de assistir os videos dos gols (nem nosso próprio gol).

Chega de mamata!! Isto tem que acabar !!!!!!!!!

Amanhã pegamos o Edmundo Bacalhau fora de casa e na sequência os Stars (sexta) e Coyotes (sábado) também fora de casa. E eu quero é que se áfo!!!!

Abraços
Nelson Merrú

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Copo meio cheio

Muitas vezes, principalmente no esporte o resultado final de um jogo esconde muita coisa. Quem ganha não vê falhas e quem perde não vê virtudes. O jogo de ontem contra os canuckes se enquadra nessa realidade. Tivemos uma dura derrota ontem por 4 x 3 (gols de Toews, Boynton (???) e Bolland). Dura no sentido de termos visto o a vitória de perto, mas que escorreu entre as mãos. Mas jogamos muito bem, o que viu-se foi muito animador, perdemos por cincunstância do jogo. Apesar de vários erros dos júizes contra nós, vacilamos!!! Abaixo o momento do chute do primeiro gol dos canucks...esse cretino desse juiz é cego?


Em uma falta duvidosa cedemos o power play que resultou no empate de 3 x 3, na metade do ultimo período. Pouco mais de 5 minutos pro fim, Kopecky fez tudo certo e com Luongo caído chutou na trave. Pouco depois tomamos um bobo gol que finalizou o placar.

O time jogou muito bem, e a imagem que já havia deixado contra os Blue Jackets no meio da semana só se confirmou, o time está forte e consistente, mas dessa vez não somamos pontos e precisamos recuperar. Sou partidário desse otimismo do nosso capitão, que após o jogo disse: "We can't get too negative -- we did a lot of good things. We've got to bring that level of effort every night, and we'll get a lot of points.". Coach Q também declarou que gostou muito do que viu. Então que reação venha na segunda contra os Flames fora de casa.

abs e até!

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

All about respect

Vitória de impacto. Ganhamos em Columbus (23-22-5) de 7 x 4 (gols de Leddy, Keith, Stalberg, Kane, Toews, Bolland e Hossa). Uma noite com a cara dos verdadeiros Hawks. Uma partida que nos fez sentirmos de fato os atuais campeões da Copa Stanley. Não pelo placar de 7 gols e muito menos pelo adversário (que não é lá um dos times mais fortes da liga), mas sim pela FORMA COMO NÓS JOGAMOS. Desta forma, não há jeito de não sermos respeitados como atuais campeões, foi muito volume de jogo mesmo. Temos encarar esse jogo como emblemático e continuar vencendo nas próximas cinco partidas que serão fora de casa, a começar pelos grandes e ODIADOS rivais Canucks de sexta pra sábado a 1:00 da manhã. Assistirei o jogo de soco inglês e fazendo 28 séries de paralela (na sequência encaramos fora Calgary, Edmundo, Dallas e Phoenix).

Vim no caminho pro trabalho imaginando o que eu destacaria nesse post sobre o jogo de ontem. Minha casa fica a exatos 7 minutos do trabalho e esse breve tempo não suficiente pra chegar numa conclusão. Foram muitos os motivos pra acreditar que o all star break pôde ser muito útil. Antes eu queria acreditar, agora já posso dizer (ainda é um pouco cedo, foi só um jogo) que estou passando a acreditar nisso. Nitidamente parecemos mais confiantes, mais centrados, organizados e atacando como se não houvesse amanhã. Já tinham se passado 50 jogos e não é possivel que um time que tenha Keith, Seabrook, Campbell, Kopecky, Sharp, Toews, Kane, Hossa, Bolland, Brouwer.... não seja um time a brigar pelo título. Em sã consciência, não é possível.

Embora tenhamos quase entregado o jogo no segundo período, onde tomamos 2 gols em 42 segundos (sendo o segundo um gol contra de bochecha de Boynton - na boa esse FILHO DA PUTA É RUIM DEMAIS), o restante do jogo foi dominado por nós e várias coisas me chamaram atenção.

- a começar pelo gol: Marty Turco após tomar um gol meio mandraque (o 1º), fez uma partida forte, com defesas importantes quando precisávamos. Acho que esse break na Liga tem nele um de seus maiores beneficiados. Sai uruca...

- linha defensiva Keith e Seabrook: combinando 2A (de Seabrook), 1G (Keith), 1 bloqueio, 2 Hits e Plus-one, nosso paredão mostrou estar ligadaço e brilhou principalmente nas PK´s lines.

- Penalty Killing: matamos todas as 5 power plays dos Jackets (inclusive com mais de 1 minuto com 2 a menos) e marcamos 2 short-handed gols (Toews e Hossa), sendo que o primeiro gol mais uma vez me fez concluir que Johnathan Toews é um mito. O que esse cara joga é brincadeira, que golaço. A começar pelo passe de Hossa contra a parede, o drible seco de Toews e o tapa que deu pro gol num momento crucial do jogo. Com esse golaço e mais duas assistências, Toews foi a primeira, segunda e terceira estrela do jogo (ainda teve rating plus-two, um hit e uma roubada). Nosso PK funcionando do jeito que foi ano passado (melhor da liga), nosso time é dificil de ser batido.

- Patrick Kane e Marian Hossa: cada um dos dois com 1G e 1A. Nossos alas mais agudos têm grande responsabilidade nesse time e ontem fizeram sua parte. They need to score. E scoraram...Hossa num empty net com dois a menos e Kane após passe de trás do gol de Toews.

- Nick Leddy: esse garoto de 19 anos que ontem marcou seu segundo gol na Liga vem fazendo um puta trabalho. A segurança que ele passa é algo assustador pra sua idade, principalmente por ser um defensor. Pena que ontem, o bigodudo decidiu colocar ao seu lado o Boynton que eu odeio de uma forma descomunal, parece que está 120% do tempo embriagado, o cara é um desgovernado mentalmente, pelo amor de cristo.

NOTAS:
Se não me engano matamos 22 das ultimas 24 power plays adversas, se o número exato não é esse, é quase isso... Skille com uma assistência e dois hits fez um bom papel na quarta linha...belo trabalho dos checkers Pisani(2A)-Bolland(1G)-Bickell(1A), continuo achando que essa linha vai nos levar muito longe...depois de um início devagar Bolland fez ontem seu 11º gol e vem sendo contundente nos ultimos jogos, muitos dizem que ele será negociado em uma troca com um center-estrela, mas não gostaria que isso acontecesse...Jake Dowell após bloquear um shot num 2-man advantage dos Jackets no ultimo periodo não voltou mais ao gelo, foi uma bela chicotada no tornozelo bicho...antes de Sharp, somente dois outros Hawks tinham sido MVP no all-star: Bobby Hull e Eric Girafa Daze...como joga esse Johnathan Toews, fala sério!

Nos vemos no www.forumcenterice.com !

abs e até sexta (de soco inglês)!

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Sharp Shooter brilha do jogo das estrelas

No jogo das estrelas, acontecido ontem nos estadio do Carolina Hurricanes, Patrick Sharp Shooter foi nomeado MVP, após anotar dois gols e uma assistência. Certamente foi uma tarde onde todos os 4 jogadores do Hawks saíram felizes, já que os outros 3 (Toews, Kane e Keith) estavam do lado do time vencedor do jogo, capitaneado por Lidstrom. Sharp de quebra ainda levou um brand new Honda pra casa, nada mal.


O placar final da partida foi 11 (Lidstrom) x 10 (Staal) ... o time de Staal após sair vencendo por 4 x 0, não mantece o ritmo e decepcionou a torcida já que a mesma estava do lado do goleiro Cam Ward (first pick do jogo, malandramente feito por Staal).

Sharp vem fazendo um ano assustador para os demais torcedores da Liga. Para nós, fans do Hawks, não chega a ser assustador, pois sempre soubemos de seu potencial e principalmente após os playoffs da temporada passada onde ele fez chover, tudo isso se trata apenas de uma confirmação. Sharp é um sujeito que faz bem ao grupo, carismático, faz muitos gols e dá muitas assistências. Nunca reclama se muda de ala para central ou vice-versa. É o tipo do cara que deveria ter um contrato vitalício com o clube. Parabéns, Sharp. E que venham mais chuvas pela frente até o fim da regular, pois precisamos muito de você!

Segue abaixo um vídeo que achei na net ontem, que retrata a virada que o Chicago Blackhawks deu em sua trajetória a partir de 2008/2009. Um movimento que a Forbes classifica como a maior retomada do mundo nos negócios desportivos. E olha que quando essa reportagem foi feita, ainda estávamos em pleno playoffs da temporarada 2008-2009, ou seja, um ano antes de conquistarmos a copa Stanley.



Go Hawks!! Agora é tudo ou nada! Estou certo de que este fim de semana estrelado dará um gás total pra buscarmos de vez nossa vaga entre os 8. E começa amanhã contra os Blue Jackets fora de casa, às 22:00 de Brasilia.