Pesquisar este blog

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

3ª decisão: Vitória dominante sobre os Islanders

Rápido, objetivo e dominante. Na 3ª decisão rumo aos playoffs, os Hawks venceram os Islanders em uma partida perfeita dentro do UC, pulando para a quinta posição na Conferência Oeste. Vitória por 5 x 0 (gols de Sharp, Hossa, Kane, Bolland e Hjalmarsson). Crawford também foi um dos destaques do jogo, emplacando seu segundo shutout na temporada.


Com o UC mais uma vez lotado (já passou de uma centena os sold outs seguidos) em uma noite festiva na qual foi comemorado o 50º aniversário do título de 1961, os Hawks de hoje quiseram provar para os fanáticos torcedores que devemos viver do presente. Está certo que a presença de ídolos como Stam Mikita e Bobby Hull sempre traz energia positiva, mas foi Patrick Sharp que novamente deu o ar da graça e abriu a vitória para nós. Ele chegou ao 25º gol, mesmo patamar que atingiu em toda temporada regular passada. Esse cara é um monstro.

Outras coisas nos fazem sair animados de uma partida como essa. Os Islanders não são um time tão forte assim (apesar dos ultimos resultados deles terem sido espetaculares e de fato terem mostrado nas ultimas semanas um bom poder de reação) mas jogadores importantes dos Hawks têm mostrado claramente ascensão técnica e o resultado foi o que vimos ontem. Gols de passes rápidos (os do Kane, Bolland e do Hjalmarsson foram pinturas, o ultimo especialmente) e trocas de posições envolventes deixaram a percepção de que o time com full lineup pode voltar a dar trabalho pra qualquer adversário e brigar pela parte de cima nos standings.

Patrick Kane tem seis pontos (2A, 4A) nos últimos 6 jogos. Marian Hossa tem 5 pontos (2G, 3A - sendo duas ontem) e 4+/- nos últimos 4 jogos. Com esses dois em forma, podemos bater qualquer um na Liga. Desde que a defesa funcione melhor e Papai Joel não precise testar tantas linhas diferentes para chacoalhar o time. Se Toews não balançou as redes nenhuma vez e vencemos por 5 x 0, é porque de fato coisas diferentes estão acontecendo.

Notas: Dowell e Skille seguiram escalados e fizeram uma boa partida. Isso me faz crer que, embora todos nós não tenhamos concordado com Coach Q quando eles estiveram fora, o castigo que eles tomaram por ficar de fora do time fez efeito, e nossa quarta linha fez um bom trabalho nos dois jogos do fim de semana. Jordan Hendry - Nick Leddy, boa garotos. Boynton "faz merdinha" da Estrela e John Scott, um abraço!! Já foram tarde...

Quarta tem contra os Avs no UC, 23:30 do Brasil.

5 comentários:

Diego disse...

hossa voltando a ser o cara!

danilo disse...

se dane o turco!!!Crawford é o cara

Rafael Hawks disse...

eu fico me perguntando o que passa na cabeça do turco...o Crawford se nao tivesse ficado gripado ha duas semanas ja teria jogado 115 partidas seguidas. Alias, desconfio até que tenha sido o turco que botou um balde de gelo dentro das calças do crawford enqto esse dormia. Se ele pega outra gripe eu acho q o papi joel poe o kane no gol...em pé ele bate com a cabeça da trave de cima

Andy Santos disse...

pera aí, depois de quase uma semana sem ver jogos vc diz que estamos em quinto??? sorte que São Crawford voltou ao gol pq esse Turco... quantos milhões que ele está ganhando pra fazer esse papelão hein?

João Gabriel disse...

Cara esse jogo eu8 consegui ver. Parecia aquelas peladas que todos os habilidosos ficam de um só lado. Parecia treino. Sharp e Hossa na mesma linha moeram. Aquele gol de tabelinha do Toews e Kane foi massa demais.
Tá certo que foi no Islanders, mas não deixa de ser um a boa vitória.Tem que manter o naipe pq essa conferência oeste ta disputada demais!